quinta-feira, 24 de junho de 2010

CHAMUSCA DE ONTEM E DE HOJE II

















2 comentários:

  1. Em todas as fotos há uma coisa em comum: os sítios que antes eram todos locais de actividade económica são agora desertos de actividade.
    O Largo da Botica um fantasma; O Mercado Municipal vazio; o Centro de Sáude especie em vias de extinção rápida; os antigos Celeiros da Epac lugar de almas penadas...
    Chamusca, a Vila Fantasma...em estado acelerado de decomposição!!!!
    Obrigado Raúl pelo Serviço Público prestado...mais uma vez!

    ResponderEliminar
  2. A MORTE SOCAL APROXIMA-SE A PASSOS LARGOS. A INDÚSTRIA JÁ FOI COM A SPALIL, ADEGA COOPERATIVA, FÁBRICAS DE PAPEL DE ULME E DE MALHAS "LEZIRIA", A COBIN,PADARIAS...
    A AGRICULTURA PELAS HORAS DA MORTE, O COMÉRCIO ENTREGUE A GRANDES ESPAÇOS COMO ECOMARCHÉ, LIDL OU PINGO DOCE.
    AGORA ATÉ A CASA DO POVO É UM ENTREPOSTO DE COMÉRCIO DOS CHINESES COM MAIS 3 CASAS NA CHAMUSCA.
    O PATRIMÓNIO HISTÓRICO A DEGRADAR-SE E A SER DELAPIDADO.
    QUAL O FUTURO?
    QUEM NOS ACODE?

    ResponderEliminar